Cane Corso

Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso

Família: Mastiff
Grupo do AKC: Trabalhadores
Área de origem: Itália
Função Original: guarda
Tamanho médio: Alt: 62-72cm, Peso: 45-50kg
Outros nomes: Cane Corso Italiano

Seis   Energia
Três   Gosto por brincadeiras
Dois   Amizade com outros cães
Um   Amizade com estranhos
Dois   Amizade com outros animais
Seis   Proteção
Cinco   Tolerância ao calor
Cinco   Tolerância ao frio
Seis   Necessidade de exercício
Três   Apego ao dono
Quatro   Facilidade de treinamento
Seis   Guarda
Um   Cuidados com higiene

Canil Trancoso

Origem e história da raça

O Cane Corso descende do canis pugnax, que eram cães utilizados pelos romanos em atividades de guerra. O nome vem de "Cane de Corso", um termo italiano que definiam os cães utilizados em atividades rurais como caça ao javali, combates etc. No passado, a distribuição desse cão ficou limitada à algumas regiões do sul da Itália como Basilicata, Campânia e Puglia.

O Cane Corso era principalmente usado para capturar bois e porcos e também para caçar javalis. Eles também eram usados para guardar fazendas e o gado e hoje em dia são muito usados ainda como cão de guarda.

Hoje, o Cane Corso é muito raro em seu país de origem. Ele foi quase instinto nos anos 70 mas alguns apaixonados pela raça conseguiram fazer com que isso não acontecesse. No Brasil a raça é muito usada como cão de guarda.

Temperamento do Cane Corso

Essa raça não é recomendada para quem nunca teve cachorros. Ele precisa de um líder muito imponente e de muito treino. Ele é um cachorro desconfiado com estranhos e por isso é muito importante socializar desde filhote. O Cane Corso ideal é aquele que fica indiferente se alguém mexer com ele e ataca apenas quando uma ameaça real acontecer.

Como cuidar de um Cane Corso

São cães grandes e com muita energia, precisam de muito espaço pra se exercitar. Precisam de um quintal grande ou um terreno espaçoso onde possa gastar sua energia. Mesmo assim, é importante levá-lo para longas caminhadas todos os dias, para que ele fique saudável física e psicologicamente. Não é recomendado para apartamentos ou locais muito pequenos.

O Cane Corso não precisa de tosa, seu pelo é curto e de fácil manutenção. Antigamente era feito o corte das orelhas pra mantê-las em pé, porém hoje em dia isso é proibido por lei e o veterinário ou pessoa que fizer isso está cometendo um crime.

Fonte literária: Tudo Sobre Cachorros