Lhasa-Apso

Canil Trancoso
Canil Trancoso
Canil Trancoso

Muitos confundem o Lhasa Apso com o Shih Tzu, mas tanto em relação à aparência quanto ao temperamento, são cachorros bem diferentes.

Família: companhia, pastoreio
Grupo do AKC: Não-esportistas
Área de origem: Tibet
Função Original: companhia, cão de alerta
Tamanho médio do macho: Alt: 25-29 cm, Peso: 6-9 kg
Tamanho médio da fêmea: Alt: 25-27 cm, Peso: 5-7 kg
Outros nomes: nenhum

Três   Energia
Quatro   Gosto por brincadeiras
Quatro   Amizade com outros cães
Quatro   Amizade com estranhos
Quatro   Amizade com outros animais
Dois   Proteção
Quatro   Tolerância ao calor
Cinco   Tolerância ao frio
Dois   Necessidade de exercício
Cinco   Apego ao dono
Quatro   Facilidade de treinamento
Um   Guarda
Cinco   Cuidados com higiene

Canil Trancoso

Origem e história da raça

A origem do Lhasa Apso se perdeu há muito tempo. Ele é uma raça antiga criada e reverenciada nas aldeias e mosteiros do Tibet. Sua história está entrelaçada com as crenças budistas, incluindo a crença na reencarnação. Dizia-se que as almas dos lamas entravam nos corpos sagrados dos cachorros após a morte, assim transmitindo um toque de reverência por esses cães. Os cães também tinham um papel de cães de guarda do mosteiro, emitindo um alerta para os visitantes, dando assim origem ao seu nome nativo de Abso Seng Kye (Cão-Leão Sentinela que Late). É possível que o nome ocidental da raça derive de seu nome nativo, embora alguns acreditem que seja uma corruptela da palavra tibetana "Rapso", que quer dizer "cabra" (uma referência ao seu pelo lanoso). Na verdade, quando a raça chegou à Inglaterra, ele era chamado de Lhasa Terrier, embora não tenha nada de terrier. Os primeiros Lhasa Apsos foram vistos no mundo ocidental em 1930, junto com alguns dos primeiros que chegavam como presentes do 13º Dalai Lama. A raça foi aceita no grupo terrier do AKC em 1935, mas foi depois transferida para o grupo de cães não esportivos em 1959. Após um início lento, o Lhasa logo ultrapassou seus companheiros de raça tibetanos e se tornou um querido cão de estimação e de exposição.

Temperamento do Lhasa Apso

Apesar da sua aparência de cãozinho de colo, o Lhasa tem um temperamento forte. Ele é independente, teimoso e corajoso. Embora ele seja louco por brincadeiras e caças, ele já fica feliz em receber exercícios. Ele também fica feliz cochilando ao lado de seu dono. Essas características fazem dele um excelente (e pequeno) companheiro de aventuras.

Como cuidar de um Lhasa Apso

O Lhasa é um cão ativo, mas seu tamanho relativamente pequeno possibilita o gasto de energia com passeios curtos e brincadeira no jardim, ou mesmo em casa. O Lhasa é um ótimo cachorro de apartamento. Ele não está preparado para viver ao ar livre. Seu longo pelo precisa ser escovado semanalmente. Atenção: antes de dar banho, desembarace os nós do pelo. Uma vez molhado, fica muito difícil desatar os nós.

Canil Trancoso
Fonte literária: Tudo Sobre Cachorros